ANDROPAUSA, EU?

Image module
Dica da Drª Delane:

Chega de coronavírus, vamos falar de saúde. E vamos falar de saúde do homem.

Mais comum do que imaginamos a andropausa, ou Late-onset Hypogonadism (LOH), nada mais é que a queda dos níveis de testosterona nos homens idosos.

A diferença da andropausa para a menopausa, é que a primeira acontece de forma gradual, diferente da menopausa que é mais aguda.

Sabe-se que a partir dos 40 anos existe uma queda gradual dos níveis de testosterona total, por volta de 1% ao ano.

Os sintomas da queda de testosterona podem ser inespecíficos como cansaço, irritabilidade, depressão; ou então sintomas mais específicos como disfunção sexual, diminuição da libido e diminuição de ereção matinal.

Quando o homem apresenta essa queixa, devemos dosar a testosterona. Começamos dosando a testosterona total, em jejum pela manhã. E podemos repetir dosando a testosterona total e livre para confirmação.

O que é importante lembrar, é que não são todos os homens que devem dosar a testosterona. Só aqueles com queixa!!!

O tratamento com testosterona se mostrou muito benéfico naqueles pacientes com alterações na hipófise ou alterações nos testículos. Já naqueles com andropausa, o tratamento ainda é duvidoso e devemos analisar caso a caso.

O uso inadequado da testosterona se mostrou maléfico, com aumento de infarto, derrame, e trombose nas pernas e pulmões. Por isso deixo bem claro, que a prescrição de testosterona deve ser cautelosa! Não são todos que podem fazer o seu uso!

Então, vocês homens. Não se esqueçam de deixar sua rotina urológica em dia! Vocês não estão sozinhos!

Afinal,

NÃO EXISTE CORPO B

Dra. Delane Wajman
Dra. Delane Wajman

Endocrinologista e Clínica Médica pela Santa Casa de São Paulo | CRM 170692 |